Dor na Gengiva Incomoda? Como Dar Fim a Gengivite Em Pouco Tempo!

Dor na gengiva, ela está bem vermelha, inchada, sensível, sangra durante a escovação, e não sabe o que fazer? A chance é muito grande de ser uma gengivite!

Outro sintoma de doença é o recuo ou retração da gengiva, conferindo aos dentes uma aparência alongada.

A doença gengival pode formar bolsas entre os dentes e a gengiva, onde se acumulam restos de comida e placa.

Algumas pessoas têm mau hálito freqüente ou sentem gosto ruim na boca, mesmo se a doença não estiver em estágio avançado.

Mas não entre em pânico, você poder resolver este problema. Neste conteúdo traremos formas de saber o que fazer com a gengivite.

Você irá conseguir identificar se realmente tem esse incomodo e, necessita de um tratamento com um dentista. Fique com a gente agora!

O que é, e quais são as causas da Gengivite?

o que e gengivite o que causa

A gengivite é uma inflamação da gengiva. É o estágio inicial da doença periodontal.

Nesta fase é mais fácil de ser tratada, mas se não tratada, pode avançar e piorar muito a situação.

Neste estágio inicial da doença gengival, os danos podem ser revertidos, uma vez que o osso e o tecido que segura os dentes no lugar ainda não foram lesados.

Causas mais comuns

A gengivite ocorre quando não existe uma higiene bucal adequada, e os restos de comida armazenados nos dentes, dão origem ao tártaro, irritando a gengiva causando inflamação.

Se a placa não for removida pela escovação e uso de fio dental diários, ela produz toxinas que irritam a mucosa da gengiva causando a gengivite. Como dissemos neste estágio e simples tratar!

Mas, se a gengivite não for tratada, ela pode evoluir para uma periodontite e causar danos permanentes aos dentes.

Quem tem maior probabilidade de ter este problema?

Embora qualquer pessoa possa desenvolver uma gengivite, essa inflamação acontece mais em pessoas adultas que:

  • Não escovam os dentes diariamente, que não usam o fio dental, nem enxaguantes bucais;
  • Consomem muitos alimentos ricos em açúcar
  • Fumam
  • Gravidez, por causa de alterações hormonais
  • Apresentam dentes tortos, com dificuldade para  uma boa escovação
  • Uso de aparelho ortodôntico fixo, sem adequada escovação
  • Tem diabetes descontrolada.

Os sintomas mais comuns da gengivite

O sintoma principal é: A gengiva inflamada costuma ter uma cor mais avermelhada que o normal ou até mesmo arroxeada.

Também fica inchada, sensível e sangra com facilidade durante a escovação e durante o uso de fio dental. Apesar disso, só incomodam quando são tocadas.

Powered by Rock Convert

As vezes a gengiva não dói, então uma pessoa pode ter gengivite e nem se dar conta. Veja outros sintomas comuns desta inflamação:

  • Dentes parecem mais longos devido à retração da gengiva
  • Mau hálito constante e gosto ruim na boca
  • Gengivas se separam ou se afastam dos dentes, criando uma bolsa
  • A forma como os dentes se encaixam na mordida muda
  • Secreção de pus ao redor dos dentes e da bolsa gengival.

Como aliviar a dor da gengiva causada pela inflamação?

Algumas medidas podem ajudar aliviar a dor na gengiva e os incômodos causados pela gengivite, confira abaixo:

  1. Utilize fio dental pelo menos uma vez ao dia e de maneira eficiente
  2. Se recomendado por seu dentista, utilize um enxaguante bucal antisséptico.
  3. Opte pelo uso uma escova de dentes elétrica, que poderá ajudar na remoção de placa dentária
  4. Escove os dentes após cada refeição do dia
  5. Utilize uma escova de dentes macia e troque-a a cada três ou quatro meses, em média, ou sempre que as cerdas ficarem deformadas.

Como tratar a gengivite?

como tratar a gengivite odontoprev

Quando a gengiva está um pouco inchada, vermelha e sangrando mas não se observa o acúmulo de placa bacteriana, você pode melhorar a higiene bucal.

Para aliviar as dores momentâneas, você pode tomar algum analgésico, como o ibuprofeno e dipirona. Mas dificilmente passará de uma vez.

Quando a gengivite já está muito avançada, a escovagem pode se tornar muito dolorosa e difícil, provocando mais sangramento, sendo necessário o tratamento no consultório dentário.

Nesses casos deve-se consultar o dentista, para fazer uma limpeza profissional com instrumentos próprios para remoção do tártaro.

O dentista também irá verificar se algum dente está cariado ou necessita de algum outro tratamento.

Além disso, pode ser necessário o uso de antibióticos, enxaguantes bucais e fio dental, para acabar com as bactérias e permitir que a gengivite desapareça.

A prevenção ainda é o melhor remédio!

Uma boa higiene bucal é essencial. A limpeza profissional também é importante, pois uma vez que a placa se acumula e endurece, apenas o dentista pode removê-la.

Você pode prevenir o aparecimento da gengivite desta forma:

  • Escovação correta e uso apropriado do fio dental para remover placa e restos de alimentos
  • Alimentação correta para garantir nutrição adequada
  • Evitar cigarros e outras formas de tabaco
  • Ir ao dentista regularmente.

A Odontoprev pode te ajudar a tratar a gengivite com baixo custo!

Todo esse custo com o tratamento da gengivite, prevenção e até uma periodontite, pode ser tornar muito caro. Existem casos que ultrapassam os R$5000, dependendo da gravidade.

Por isso, é interessante a contratação de um plano odontológico. Você reduz os custos com tratamento, além de poder ir a consultar sem limites.

Claro, cada plano tem uma cobertura e é preciso ficar atento a elas. Para o tratamento de gengiva, canal e outros procedimentos preventivos a Odontoprev tem o Plano Bem Estar!

Conheça as coberturas e carências deste plano clicando aqui!

Caso queira um atendimento e saber mais sobre tabela de preços, preencha o formulário abaixo que entraremos em contato com você!

Deixe uma resposta

Fechar Menu
E-BOOK GRÁTIS

Como Economizar 75% No Dentista Com Um Plano Dental

BAIXAR GRÁTIS
close-link